Cerca de 8.550 maços de cigarros contrabandeados foram apreendidos pela Polícia Militar em uma operação realizada no hipercentro de Belo Horizonte, no início da tarde desta terça-feira (19). Dois suspeitos foram presos e encaminhados à Polícia Federal. 

De acordo com o tenente Romeu Bessa, da 6ª Cia do 1º Batalhão, policiais já vinham monitorando a venda de cigarros contrabandeados no Centro, especialmente dentro dos shoppings populares e em seus arredores. Após o levantamento, a PM pôde intervir em vários pontos do Centro ao mesmo tempo, contando com a atuação simultânea de 13 militares. 

Os suspeitos devem responder pelo crime descrito no artigo 334 da Constituição, que proíbe a comercialização de mercadoria de procedência estrangeira que introduziu clandestinamente no país.