Um policial militar se acidentou, atirando na própria mão, durante uma perseguição no bairro Palmeiras, na região Oeste da capital, na tarde desta sexta-feira (5). 

De acordo com a Polícia Militar, um homem de 30 anos, suspeito de roubos na região, foi localizado pela corporação na rua Henrique Badaró Portugal. A PM tentou abordá-lo, mas não houve sucesso. O homem correu, iniciando uma perseguição pelos bairros Palmeiras e Havaí. 

O criminoso pulou o muro de um condomínio na mesma rua, foi seguido e recebeu ordem de parada. Nesse momento, o homem tentou retirar um objeto da cintura, semelhante a uma arma, e a PM reagiu. Ninguém se feriu. 

Em seguida, o suspeito entrou em uma mata na região e, logo após, em uma galeria de esgoto, saindo em um córrego. Durante a perseguição, moradores do bairro ajudaram a polícia, indicando a direção do fugitivo. Após isso, um cerco foi feito na divisa com o bairro Buritis, que levou à prisão do homem. 

Tiro acidental

Em todo o processo de fuga, os policiais precisaram passar por lugares que causaram escoriações, rompimento de ligamentos do tornozelo e um disparo acidental de arma de fogo. A polícia não deu grandes detalhes sobre o último acontecimento. De acordo com a corporação, o militar pode ter se acidentado por ter destravado a arma por alguma necessidade e ela acabou disparando. 

Os militares foram levados para atendimento médico no Hospital de Pronto Socorro João XXIII. Não há risco de morte.