A partir desta sexta-feira (5), a Polícia Militar passa a intensificar as diligências no aglomerado Morro das Pedras, região Oeste de Belo Horizonte, para tentar localizar as armas das quais partiram os mais de 100 disparos que assustaram os moradores da região nesta madrugada. 

Segundo a PM, desde as 1h foi possível ouvir diversas rajadas de armas de fogo vindas do aglomerado. As viaturas foram ao local averiguar e os militares foram recebidos a tiros. Quatro suspeitos foram vistos nas imediações do Beco Fernandes, local conhecido como "Biquinha". Houve trocas de tiros entre eles e os policiais e o confronto durou pelo menos 30 minutos. Ninguém foi ferido.

Acionadas, viaturas do Bope e da Rotam também estiveram no local, assim como o helicóptero Pegasus da corporação. Somente após a chegada do apoio é que os disparos cessaram.  

A motivação da ação dos traficantes, segundo a PM, é uma disputa territorial entre facções rivais da "Biquinha" e do "Cascalho". A prisão recente de um traficante conhecido como "Tim Tim" também intensificou o atrito entre as gangues. Até o momento, ninguém foi preso e nenhuma arma foi apreendida.

Leia mais:

PM apreende pistolas e drogas em baile funk no Morro das Pedras
PM reformado é preso em flagrante após matar a tiros motorista de aplicativo em Contagem