O homem que teria colocado um cachorro da raça pit bull para brigar com um vira-latas, causando graves ferimentos a esse último, no bairro Guarani, região Norte de Belo Horizonte, na semana passada, é integrante da Polícia Militar. A informação foi confirmada pelo 13º Batalhão da corporação.

O caso foi registrado em vídeo e divulgado em redes sociais na última quarta-feira (4). Nas imagens, é possível ver que o policial segura a focinheira do animal em uma das mãos, enquanto ele morde o cachorro de rua no pescoço. 

Segundo testemunhas, o homem ameaçou quem tentou impedir o ato, afirmando que era PM.

De acordo com nota do 13º Batalhão de Polícia Militar, o agente está sujeito a medidas da legislação específica, sem prejuízo de possíveis sanções penais.

O cachorro atacado foi resgatado por populares e está sob cuidados veterinários.
 

(Com Lucas Simões)

Leia mais:
Pit-bull é instigado a atacar vira-lata; PM apura se dono do cachorro é da corporação