A Polícia Militar (PM) apreendeu cerca de 2.400 pinos de cocaína e prendeu dois homens no Aglomerado Cabana do Paí Tomás, na região Oeste de Belo Horizonte, nesta segunda-feira (14), em duas ocorrências distintas. 

A primeira delas aconteceu após uma denúncia anônima, que fez com que militares do 5° Batalhão da PM fossem ao aglomerado para impedir uma festa onde seriam vendidos diversos tipos de drogas. Tratava-se de um pagode que aconteceria para inaugurar uma nova boca de fumo no local. Um gerente do tráfico foi localizado dentro de um Fiat Idea e tentou negociar com os policiais uma arma de fogo para que eles liberassem o evento. 

Segundo informações da PM, os militares fingiram que iriam aceitar a arma e foram levados pelo traficante ao local onde ela estava, mas chegando lá, o homem foi preso e a arma, um revólver de calibre 38, apreendida. Além disso, ao revirarem o local, os policiais encontraram ainda 290 pinos de cocaína. 

Durante esta operação, os policiais foram informadores sobre outra movimentação do tráfico na região, envolvendo outro grupo criminoso. Em um local conhecido como "sala vip", foram encontrados mais 2.101 pinos de cocaína e o suspeito apontado como responsável pelas drogas também foi preso. 

Leia mais: 

Homem foge da polícia, mas deixa para trás sacola com 1.650 pinos de cocaína
Mulher e adolescente são flagradas com cocaína e R$ 12 mil em dinheiro em BH
Idosa de 74 é presa com drogas e armas da região Nordeste de BH