Após várias diligências na tarde desta sexta-feira (19), a Polícia Militar conseguiu prender três suspeitos de participação na tentativa de assalto a banco com reféns, em Matozinhos, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Uma mulher que participou do crime está foragida.

Os homens foram localizados em Pedro Leopoldo, na Grande BH. Segundo o major Rodrigues, comandante da 1ª Cia Independente da PMMG, eles chegaram até o primeiro suspeito após uma denúncia de que um homem estava procurando um local para se esconder após levar um casal até Matozinhos. Esse casal seguiu e tirou fotos de uma mulher que seria a mulher do gerente.

Ao ser preso, no bairro São Geraldo, o homem, que é um borracheiro da cidade, negou a participação, mas em seguida contou aos policiais que o assalto teria sido encomendado por um preso da Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem. Esse mesmo suspeito entregou um segundo envolvido.

O terceiro autor é filho do presidiário e tem passagem por tráfico de drogas. Ele foi o responsável pelo pagamento de R$ 170,00 ao motorista que levou o casal para seguir a mulher do gerente.

Ainda segundo Rodrigues, uma quarta suspeita, ainda não identificada, está foragida. “Pela descrição dos suspeitos é uma mulher bonita, morena e de olhos claros”, descreveu o major.

Os três homens presos foram levados para a delegacia de Sete Lagoas. 

Cronologia do crime

Segundo informações da PM, a ação dos bandidos começou na tarde desta quinta-feira (18). Os assaltantes renderam o gerente na saída da agência e foram até a casa dele, onde permaneceram até às 23h. Um bandido ficou com o gerente e os outros levaram a mulher os dois filhos do casal para um cativeiro.

Durante a manhã, eles obrigaram o gerente a ir até a agência e pegar o dinheiro do cofre, enquanto eles esperavam numa rua próxima.

Dentro do banco, alguém desconfiou que algo estava errado e acionou a polícia, que cercou a agência. Ao perceber a movimentação, os assaltantes fugiram.

No início da tarde desta sexta-feira (19), a mulher do gerente e dois filhos, de 6 e 12 anos, foram resgatados do cativeiro, no bairro Padre Eustáquio, na região Noroeste de Belo Horizonte.  

Leia mais:

Polícia cerca agência bancária de Matozinhos e descobre caso de sequestro de gerente; veja vídeo