Após cometerem um homicídio em Confins, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na noite dessa sexta-feira (2), os suspeitos do crime sequestraram um homem para fugir no carro dele e incendiaram o veículo, um Chevrolet Classic Life, A vítima foi abandonada na MG-424, em São José da Lapa. Os suspeitos ainda não foram localizados. 

Segundo a Polícia Militar, um homem de 34 anos foi baleado na rua João das Chagas, no bairro Tavares, em Confins, chegando a ser socorrido para um posto de saúde do bairro. No entanto, ele chegou à unidade já sem vida. O médico constatou quatro perfurações, sendo duas no braço direito e duas no tórax. Após o crime, o suspeito fugiu em direção à rua Antônio José Gonçalves. 

Durante o atendimento desta ocorrência, a polícia recebeu a informação via rádio de que na rua para onde o suspeito fugiu, a cerca de 300 metros do local do homicídio, havia acabado de acontecer um roubo de carro. O motorista do veículo roubado, de 32 anos, foi localizado pela polícia na altura do KM 9 da rodovia em São José da Lapa e contou que havia sido sequestrado.

Segundo ele, estava chegando na casa de familiares em seu carro quando foi surpreendido por dois homens, um deles portando um revólver. Ele foi obrigado a passar para o banco do passageiro enquanto um dos suspeitos assumiu a direção do veículo e o outro ficou no banco de trás o ameaçando com a arma. 

Durante o tempo em que era mantido refém, a vítima ainda contou que ouviu um dos homens perguntar ao outro se ele havia acertado os disparos na vítima de homicídio. O refém foi abandonado na estrada e os suspeitos seguiram no veículo em fuga até incendiarem o carro na estrada do engenho que liga o bairro Lapinha em Lagoa Santa ao bairro Andyara em Pedro Leopoldo.

Os bombeiros foram acionadas para apagar o fogo mas o veículo foi completamente consumido pelas chamas. A Polícia Militar está a procura dos suspeitos. A ocorrência foi encaminhada para a 7ª Delegacia de Polícia Civil de Confins.   

Leia mais:

Mulher é assassinada em Santa Luzia após amiga descobrir que ela era amante do marido
Homem que matou namorado da ex em Patos de Minas é condenado a 14 anos de prisão