Após a onda de atentados que assustou moradores da região Oeste de Belo Horizonte na noite de segunda-feira (23), quando três ônibus foram incendiados, o policiamento foi reforçado nas avenidas Raja Gabaglia e Barão Homem, além do Morro das Pedras e Vila Leonina.
 
Militares do 5º e 22º Batalhão estão estrategicamento posicionados, na manhã desta terça-feira (24), para tentar localizar e prende os vândalos. "Estamos realizando policiamento preventivo e intensivo e, para isso, todas as unidades dessas corporações estão empenhadas", detalhou o tenente-coronel Antoniesio, comandante do 5º Batalhão.
 
Conforme ele, o principal interesse da Polícia Militar é identificar e prender os criminosos autores dos atentados. "Para isso contamos a ajuda da população, para denunciar os bandidos. Também estamos fazendo levantamentos e já solicitamos as imagens dos ônibus", disse.
 
Os três casos estão sendo investigados, mas a polícia acredita que os crimes tenham relação, já que ocorrem na mesma região em um curto espaço de tempo. 
 
As apurações iniciais apontam que os incêndios foram em represália a morte de um jovem de 16 anos na madrugada de segunda-feira, na região do bairro Jardim América. Ele e outras quatro pessoas teriam furtado um veículo e, na fuga, bateram o carro em um poste. O menor ficou preso às ferragens e não resistiu aos ferimentos.
 
Atentado.
 
Três ônibus foram incendiados na noite desta segunda-feira (23) em Belo Horizonte. Vândalos atacaram os veículos na avenida Raja Gabaglia, no Bairro Estoril, na rua Geraldo Vasconcelos, no Morro das Pedras, e na avenida Barão Homem de Melo, na altura do Jardim América, próximo à UPA Oeste. 
 
Um dos ataques foi contra um ônibus da linha 4111 (Dom Cabral-Belvedere). O veículo trafegava no sentido BH Shopping, quando dois homens em um beco, na altura do Estoril, jogaram pedras e ordenaram que o motorista parasse o carro. Posteriormente, outras 15 pessoas entraram no coletivo e lançaram coquetel molotov, causando o incêndio e ferindo passageiros.
 
O outro veículo, da linha 205 (Calafate-Buritis), foi atacado na avenida Barão Homem de Melo, também no sentido Belvedere, por outros seis homens. O terceiro ônibus, da linha 9202 (Pompeia-Jardim América), foi incendiado na rua Geraldo Vasconcelos, no Morro das Pedras, por cerca de 20 vândalos.