A policial militar que aparece em um vídeo dando tapas no rosto de uma mulher no meio da rua em Formiga, no Centro-Oeste de Minas Gerais, foi afastada das atividades operacionais.

Em nota, o comando do 63º Batalhão da cidade informou que foi instaurado um procedimento administrativo para apurar o ocorrido. "A militar envolvida foi afastada de suas atividades operacionais, prestando serviços internos na unidade policial até conclusão da apuração instaurada".

Nas imagens, que ganharam repercussão nas redes sociais, uma policial militar aparece dando tapas no rosto de uma mulher no Centro de Formiga no último domingo (13). A vítima estava sentada em um banco quando foi agredida. Antes disso, ela xingou a policial e a mandou "calar a boca".

Outros dois militares também estavam presentes no momento do ocorrido. Eles empurram a mulher, que é forçada por duas vezes a se sentar. Depois de a agente dar os tapas, os policiais imobilizam a vítima e a algemam.

As imagens foram gravadas por uma pessoa que passava pelo local e é possível ouvir as reações de espanto diante das agressões.

Leia Mais:
Três pessoas ainda seguem desalojadas após tombamento de carreta com cal no Anel, em BH
Polícia investigará causas de incêndio em garagem de ônibus; Defesa Civil interditou dois imóveis
Corregedoria da Polícia Civil investiga se Sérgio Santos Rodrigues pagou para desarquivar inquérito