A Polícia Civil apreendeu 50 engradados de cervejas adulteradas em uma casa do bairro Nazaré, região Nordeste de Belo Horizonte, nesta quinta-feira (11). São 1200 garrafas e, desse total, metade estava sem rótulo e o restante já estava com os rótulos alterados. 

Um suspeito foi preso na ação, desencadeada por policiais da 1ª delegacia especializada de investigação de Crimes Contra a Ordem Tributária. Os agentes apreenderam ainda garrafas de cerveja, notas fiscais, milhares de rótulos e tampas de garrafa que seriam usadas no processo de falsificação, duas prensas para fechar as garrafas e um aparelho celular.  

O suspeito pode responder por crimes contra as relações de consumo, com pena prevista de dois a cinco anos ou multa. 

“Esta apreensão reprime os crimes contra as relações de consumo e risco para a saúde pública, uma vez que o local onde ocorria o processo de trocas de rótulos não tinha nenhuma condição de higiene. As investigações irão prosseguir para apurar a responsabilidade dos envolvidos nesta fraude, os quais responderão nos termos da lei", explicou o  delegado Sérgio Paranhos Fleury Belizario.