A Polícia Civil realiza nesta quinta-feira (5), em todas as regiões de Minas Gerais, uma operação para prender acusados de crimes de violência contra mulheres. A segunda fase da operação Marias faz uma referência ao Dia Internacional da Mulher, celebrado no próximo domingo (8). Entre os procurados estão suspeitos de ameaças, tentativas de feminicídio, lesão corporal, descumprimentos de medidas protetivas, estupro, importunação, entre outros. Ao todo, são 33 mandados de busca e apreensão e 162 de prisões preventivas a serem cumpridos.

Em novembro do ano passado, a primeira etapa foi realizada em 108 municípios com saldo de 83 prisões. O balanço da segunda fase será divulgado durante a tarde pela Polícia Civil.

"Marias” faz referência à Maria da Penha Maia Fernandes, vítima emblemática de violência doméstica, referencial na luta em defesa dos direitos das mulheres e cuja identidade inspirou a nomenclatura da lei “Maria da Penha”, ferramenta fundamental no combate à violência doméstica de familiar.