Sete suspeitos de integrar uma quadrilha que aplicava golpes de “saidinhas de banco”, em Minas Gerais, foram identificados pela Polícia Civil. Um deles continua foragido e seis foram apresentados nesta segunda-feira (28), pela 4ª Delegacia de Polícia Civil de Nova Lima. Eles foram presos durante a Operação Pecado Capital realizada na última sexta-feira (26).
 
De acordo com a Polícia Civil, somente na região do bairro Vila da Serra, região Centro-Sul de Belo Horizonte, a quadrilha roubou aproximadamente R$ 400 mil de clientes que haviam acabado de sacar dinheiro.
 
A operação contou com a participação das delegacias do município de Nova Lima, Sabará, Santa Luzia, Vespasiano, Itabirito e Ouro Preto, todas componentes do 3º Departamento/Vespasiano.