Quatrocentos e trinta e cinco armas apreendidas nos últimos dez anos em Minas foram destruídas na quinta-feira (10), em Belo Horizonte. Todos os revólveres, pistolas e outros materiais foram apreendidos com traficantes.

A destruição foi autorizada pela Justiça e realizada pelo Departamento Estadual de Combate ao Narcotráfico (Denarc), da Polícia Civil, em uma ação conjunta com o Exército.

"As armas, arrecadadas em inquéritos policiais relativos a tráfico de drogas, estavam acauteladas há mais de 10 anos, aguardando autorização judicial para destruição", detalhou a Polícia Civil.