A Polícia Civil de Minas Gerais identificou o corpo carbonizado encontrado próximo a uma estrada em São Joaquim de Bicas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, na terça-feira passada (30). A vítima era o empresário Tibério Augusto Neto, de 65 anos, que estava desaparecido desde 29 de julho.

A identificação foi realizada a partir de exame de arcada dentária. “As investigações estão em curso e todas as medidas para apurar a motivação e autoria do crime já estão sendo tomadas”, afirmou a Polícia Civil.

A família vinha divulgando o desaparecimento do empresário nas redes sociais desde a última terça-feira. Tibério era dono de um sacolão na Vila Pinho, na região do Barreiro, e era presidente do Clube Novos Horizontes, de Betim.

De acordo com relatos dos familiares, ele teria desaparecido ao se deslocar, em um Gol cinza, entre a região do Barreiro e o bairro Citrolândia, em Betim.