A Polícia Civil de Minas Gerais desarticulou uma quadrilha de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro em Belo Horizonte, nesta sexta-feira (3). Mais de R$ 1 milhão foram apreendidos na Operação Vento Leste.

Quatro suspeitos apontados como líderes do tráfico na região Leste da capital foram presos na ação de policiais da 1ª Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (1ª Draco). Segundo o delegado Marcus Vinícius Lobo Leite Vieira, o dinheiro estava no porta-malas de um dos veículos do dono de uma loja de acessórios para carros no bairro Santa Inês e teria sido arrecadado em bocas de fumo da região. As notas estavam separadas em maços e tinham anotações dos respetivos valores.

Conforme os policiais, a quantia seria usada para comprar três toneladas de maconha ou 300 kg de pasta base de cocaína. Além do dinheiro, foram apreendidos quatro carros, sendo dois luxo.

“Os suspeitos ocultavam o dinheiro e, posteriormente, simulavam que o lucro era proveniente de trabalhos lícitos, como, por exemplo, a compra e a venda de automóveis”, explicou o delegado.

Os agentes também investigam a compra de imóveis como outra forma de lavar o dinheiro arrecadado com a venda de entorpecentes.

No momento da prisão, o bando transferia o dinheiro de um carro para outro. “Nós chegamos a tentar contar o dinheiro usando uma máquina própria, mas, as notas estavam úmidas e isso nos obrigou a fazer a contabilização manual”, detalhou Vieira.

Os quatro suspeitos foram encaminhados ao sistema prisional.