Uma operação da Polícia Militar conseguiu evitar um confronto entre torcedores do Cruzeiro e do Atlético na tarde deste domingo (16) após a prisão de cinco pessoas em um evento de futsal da Máfia Azul no campo futebol Arena Barreiro, em Belo Horizonte.

Segunco a tenente Gabriela Emília, da 96ª Cia do Tático Móvel do 41º BPM, os militares receberam a informação de que havia armas e drogas nesse campo e local passou a ser monitorado. Mais de 150 pessoas estavam nesse espaço e denúncias anônimas apontaram para a presença de suspeitos armados, com drogas e vasto material que poderia ser usado em brigas.

Perto dali, os miltares também monitoravam uma concentração de torcedores da organizada galoucura. "Nós montamos a operação e evitamos a confusão entre esses torcedores que sairiam do Barreiro em direção ao Mineirão e passaríam pelo evento para brigar", explica a tenente.

Armas e drogas Máfia Azul

Ainda segundo Emília, com os autores presos os militares encontraram barras de ferro, pedaços de madeiras, explosivos, coqueteis molotov, foguetes, duas armas, munição e droga. Um deles tem passagem na polícia por roubo. A ocorrência foi encerrada na Central de Flagrantes (Ceflan) Barreiro.