A Polícia Civil de Minas Gerais abriu investigação para localizar um homem que estaria dando golpes em Belo Horizonte, se passando por ex-jogador de futebol. Ele é suspeito de ludibriar as vítimas dizendo que tem contatos para agendar testes em grandes clubes brasileiros para adolescentes.

Após convencer o alvo do golpe de que tinha influência no universo do futebol, o homem cobrava uma taxa para fazer a suposta intermediação com os clubes. Uma vítima teria depositado R$ 1.500 para que o homem agendasse um teste para um adolescente de 16 anos no Botafogo, do Rio de Janeiro.

De acordo com a Polícia Civil, não é possível passar informações sobre a investigação em curso para não atrapalhar o caso. 

Leia mais:
Novo golpe pelo WhatsApp tem as crianças como alvo; veja como orientar os pequenos
Secretaria da Fazenda emite alerta sobre novo golpe: falsas cobranças de tributos