Uma adolescente de 14 anos denunciou que era obrigada pela própria mãe a se prostituir para ajudar a pagar as despesas da casa. Segundo a Polícia Militar, a menina disse ainda que era agredida com cabos de vassoura, unhadas e chinelas. O caso foi registrado em Uberaba, no Triângulo Mineiro.

Segundo a corporação, a vítima acionou o Conselho Tutelar na noite de segunda-feira (14) informando que estava sendo espancada pela mãe "por não ter feito a limpeza da casa". Dois conselheiros foram até a residência da família, no bairro Veríssimo, onde a suspeita confirmou que bateu na filha, "dando um corretivo nela" por não ter lavado a louça.

Durante o desentendimento das duas, a filha contou que a mãe a obrigava a fazer sexo por dinheiro "para auxiliar financeiramente na casa" e falava: "se for para dar, que receba dinheiro". A menor também disse que era chamada de vagabunda e recebia outros xingamentos por parte da mãe.

De acordo com a PM, a adolescente foi encaminhada para um hospital da cidade, que constatou várias lesões decorrentes das agressões. Depois do atendimento, mãe e filha foram levadas para a delegacia, onde a ocorrência foi registrada. A Polícia Civil deve abrir inquérito para apurar se as denúncias feitas pela menor procedem.

Com relação à mãe, os militares informaram que ela já tinha passagem pela polícia por envolvimento com o tráfico de drogas e por ameaça de morte, já que uma vez enviou para outra pessoa uma foto em que aparecia armada.

Leia mais:
Apuração de supostos estupros no colégio Magnum chega à 'fase final', diz Polícia Civil