Com o objetivo de conter as brigas entre gangues pelo tráfico de drogas, a Polícia Militar desencadeou a operação "Exôdus 20:13" no aglomerado Morro do Papagaio, região Centro-Sul da capital, na manhã desta sexta-feira (5). Até o fim da manhã, quando a operação acabou, duas pessoas foram presas e um adolescente, apreendido. 

O nome da operação faz referência a um versículo da Bíblia que diz: "Não matarás". A intenção era cumprir 14 mandados de busca e apreensão a residências e 7 mandados de prisão. 

Para a ação, foram deslocados 56 policiais e 20 viaturas. Durante as incursões no aglomerado foram apreendidos uma réplica de arma, um pote contendo skank, uma balança de precisão e um celular com queixa de roubo, além de buchas de maconha e pedras de crack.  

A operação foi deflagrada pela 124ª Companhia do 22° Batalhão de Polícia Militar e contou com o apoio de equipes do Batalhão de Rondas Táticas Metropolitanas (Rotam), do Batalhão de Operações Especiais (Bope), Comando de Policiamento da Capital (CPC) e da Rondas Ostensivas com Cães (Rocca). 

Segundo o Major Sandro Josefino, um dos coordenadores da ação, o objetivo principal foi cumprido. "O importante é marcar presença e incomodar os criminosos. O Morro do Papagaio enfrenta problemas devido à rivalidade entre gangues e os integrantes sempre planejam ataques entre eles nos finais de semana. Quando a polícia ocupa o aglomerado, o tráfico diminui e as brigas também", conclui.

Leia mais:

PM busca armas no Morro das Pedras; mais de 100 tiros assustaram moradores na madrugada
Troca de tiros no Santa Lúcia termina com adolescente baleado
Polícia Civil desencadeia operação contra criminalidade no Morro do Papagaio