Policiais civis de Minas e do Rio prenderam cinco homens que teriam participado de assalto a uma agência bancária em Juiz de Fora, apenas 12 horas depois da ação. Quatro dos detidos são cariocas e, segundo a polícia, o outro é morador da cidade da Zona da Mata, e teria dado cobertura aos demais.

De acordo com o titular da Delegacia Especializada de Repressão a Roubos da PCMG, Delegado Carlos Eduardo Rodrigues, “os quatro indivíduos, todos trajando roupas sociais, chegaram até o banco e um deles disse que não poderia passar pelo detector de metais, pois fazia uso de um marca-passo, conseguindo entrar na agência em posse das duas armas. No interior da agência, os suspeitos renderam os funcionários, roubaram o dinheiro de um cliente e dos caixas do banco e, em seguida, saíram do local caminhando tranquilamente até o carro estacionado nas imediações”.

Com o grupo, foram apreendidos três veículos, joias, relógio, aparelhos celulares, duas armas de fogo e cerca de R$ 15 mil. A prisão foi possível graças à identificação do veículo usado para o roubo, com placa do Rio de Janeiro. O que levou à ação conjunta entre os policiais dos dois estados.