A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu nesta terça-feira (27) o segundo suspeito de participar do assassinato cruel contra um idoso, em Divinópolis, na região Centro-Oeste. Os policiais já haviam detido um jovem de 18 anos e, agora, conseguiu cumprir mandado de prisão contra o outro suspeito, de 19.

De acordo com a polícia, o corpo de Luiz Antônio Emery da Fonseca, de 65 anos, foi encontrado enterrado em um local próximo à residência da vítima. Conforme as investigações, na semana passada, os dois jovens teriam entrado na casa do idoso para roubá-lo, mas depois acabaram decidindo por agredi-lo e matá-lo.

Primeiramente, eles tentaram enforcar a vítima. Ao ver que o homem não havia morrido, eles o colocaram em um banheiro e atearam fogo. Após o crime, os suspeitos removeram o corpo da vítima e o enterraram debaixo de um pé de limão na mesma residência. Os jovens teriam levado apenas R$ 20 da vítima e umas sucatas que estavam na casa.

Imagens de câmeras de segurança ajudaram a polícia a chegar aos suspeitos do crime. O jovem de 18 anos confessou a ação criminosa e indicou aos policiais o local onde o corpo da vítima estava enterrado.

Leia mais:
Estudante de Direito é preso suspeito de ser 'maníaco da motocicleta' em Divinópolis