Um homem suspeito de cometer crimes contra a dignidade sexual de mais de cem mulheres, por meio da internet, foi preso pela Polícia Civil de Minas. A prisão aconteceu durante a realização de uma operação denominada Sodoma. 

 As investigações evidenciaram estupros e atos de sadismo, de acordo com a polícia. Com imagens íntimas das vítimas, ele também as ameaçava. Até o momento, mais de cem mulheres, entre adultas e adolescentes, de 13 estados do Brasil, foram identificadas como possíveis vítimas do suspeito.

Mais informações serão passadas para a imprensa durante nesta sexta-feira (11).