A Polícia Civil de Minas Gerais abriu inquérito nesta quarta-feira (28) para investigar um caso de estupro ocorrido dois dias antes no Serro, na região do Vale do Jequitinhonha. A vítima, de 64 anos, teria sido estuprada por um homem encapuzado, dentro da casa dela, e o principal suspeito é o próprio genro da idosa.

A Polícia Militar chegou a se aproximar do suspeito na segunda-feira (26) para efetuar a prisão, mas o homem conseguiu fugir por um canavial que fica próximo à residência dele. Foram feitas buscas por dois dias, mas o suspeito não foi localizado.

De acordo com o boletim de ocorrência, a mulher contou que teria sido estuprada por um homem encapuzado e armado com uma espingarda. Ele teria amarrado as mãos dela e usado um travesseiro para abafar os gritos, enquanto a estuprava. Para ela, o suspeito é o genro, pois o homem já teria tentado abusar sexualmente dela anteriormente.

A vítima foi levada a um hospital de Diamantina, onde foram constatados sinais de que ela havia sofrido violência sexual.