A Polícia Civil procura pelo motorista de um Fiat Uno que atropelou um tetraplégico no bairro Rio Branco, na região de Venda Nova, em Belo Horizonte. O acidente aconteceu na noite de domingo (4), quando a vítima seguia para a igreja. 

A esposa do cadeirante contou à Polícia Militar que o marido estava na rua Nacip Raydan, por volta das 20h, quando o condutor do veículo subiu a via em alta velocidade e atingiu o tetraplégico. O motorista fugiu sem prestar socorro.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local e encaminhou o homem atropelado ao Hospital de Pronto-Socorro João XXIII. Na unidade de saúde, a equipe médica constatou que a vítima sofreu escoriações pelo corpo, além de lesões nas regiões do quadril e cabeça.

Investigação

Nesta segunda-feira (5), investigadores da Delegacia de Acidentes de Veículos foram até o local verificar se câmeras de segurança registraram a ação. Além disso, os policiais também tentam identificar outros elementos que possam ajudar a identificar o responsável pelo atropelamento.

Como a vítima sofreu lesões corporais, mas não morreu no acidente, o delegado Pedro Ribeiro explicou que a vítima ou um familiar dela deve procurar a delegacia para fazer a representação criminal. Somente depois deste procedimento é que a instituição poderá abrir inquérito para investigar o caso e, posteriormente, punir o motorista.