A polícia procura um homem de 39 anos suspeito de degolar a ex-enteada, de 19, no Morro do Papagaio, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte. O crime foi nesse domingo (10) e a vítima, que não morava com a família, foi até o local para comemorar o Dia das Mães. 

Segundo a Polícia Militar, a jovem estava sentada no sofá da casa, que fica no Beco Alvorada, quando o ex-companheiro da mãe apareceu por trás e cortou o pescoço dela com um facão. A mãe da vítima contou aos militares que estava no banheiro e dava banho em outro filho quando tudo aconteceu. Ela não teria escutado nenhuma discussão entre os dois antes da filha ser atacada. 

Um terceiro filho dela foi até ao banheiro onde a mãe estava e contou o que tinha ocorrido. 

Ainda conforme a mulher, o suspeito e filha não tinham uma boa relação e, por causa disso, a jovem foi morar com a avó, na região do Barreiro. Eles foram casados por 10 anos e, apesar de estarem divorciados há dois, moravam na mesma casa. Na véspera do Dia das Mães, o suspeito já havia ameaçado a mãe da jovem. Ele disse que no dia seguinte ela teria uma “grande decepção”.  

Policiais militares encontraram o corpo com grande quantidade de sangue ao redor e um facão que teria sido usado no crime. Apesar de intenso rastreamento, o suspeito ainda não foi encontrado.