A Polícia Militar de Ubá, na Zona da Mata, está a procura de pelo menos três suspeitos de matar a tiros um radialista da cidade. Luiz Manoel de Souza, de 48 anos, era locutor das rádios Cultura de Visconde do Rio Branco e Educadora FM 94,5 de Ubá. O crime ocorreu nessa segunda-feira (7) em Córrego dos Braguinhas, zona rural de Ubá.

De acordo com a PM, uma testemunha avisou aos militares que o carro do radialista estava sendo atingido por tiros efetuados por um homem que estava a pé e outro que estava de carona numa caminhonete.

Ainda conforme a pessoa que denunciou o crime, Luiz Manoel conseguiu dar ré e deixar o local, mas os criminosos acertaram um tiro no pneu do carro. Ele tentou fugir a pé e acabou sendo atingido por vários tiros.

Outra testemunha informou aos policiais que depois de ouvir o barulho, encontrou o carro da vítima em frente a sua casa e verificou que Luiz Manoel já estava morto.

Até o momento, ninguém foi identificado. A PM ainda não sabe o que pode ter motivado o crime e informou que a investigação ficará por conta da Polícia Civil.

Desabafo

No último dia 2 de dezembro, Luiz Manoel publicou um desabafo no Facebook:

"Amigos e ouvintes, as vezes preocupa-me tantas críticas ao meu trabalho e principalmente pela forma como relato os fatos ou dou minha opinião nos diversos assuntos que chegam. Quer saber, não estou nem aí, não nasci para cabresto ou curvar-me diante da inércia ou incompetência de quem quer que seja. Repito à essa meia dúzia de críticos ferrenhos, não quer ou não gosta de ouvir, simples: desligue, mude a sintonia, quebre o seu rádio, só não espere que eu seja conivente com a sua raiva e falta de amor com os menos favorecidos".