Com as festas de fim de ano e o início das férias escolares, as estradas de todo o país costumam registrar os maiores fluxos de veículos de todo o ano. Bem como de acidentes e vítimas fatais. De acordo o Batalhão de Polícia Militar Rodoviária (BPMRv), a falta de atenção e a imprudência continuam sendo as principais causas de acidentes de trânsito nas estradas mineiras.

Nesta época, é imprescindível que os condutores reforcem algumas medidas de segurança. A primeira delas é realizar a manutenção prévia do veículo, checando as condições de rodagem e calibragem dos pneus (incluindo o estepe), o nível dos fluidos (água, óleo, combustível), o sistema elétrico do automóvel e os limpadores de para-brisa. “Feita a manutenção prévia, ao dirigir nas rodovias, o motorista deve estar sempre com a atenção voltada para o trânsito e nunca fazer o uso de telefones celulares. Ele deve utilizar o cinto de segurança, e, se estiver com crianças, utilizar os dispositivos de retenção de forma correta”, afirma a chefe da assessoria de comunicação organizacional do BPMRv, tenente Grazielly Barros.

Bebês de até um ano de idade devem ser colocados no bebê conforto; de 1 a 4 anos, na cadeirinha; crianças de 4 a 7 anos, no assento de elevação; de 7 a 10, no banco de trás, utilizando cinto de segurança; somente após 10 anos a criança pode andar no banco da frente. 

Outro ponto importante, segundo Grazielly, é manter a distância de segurança em relação ao veículo da frente. “Como há um aumento significativo do fluxo de veículos, é ainda mais importante estar atento a essa distância, que ajuda e muito a evitar acidentes”, diz.

O condutor deve praticar a direção defensiva e estar atento a todas as situações que envolvem o trânsito. “O respeito às leis de trânsito, bem como a prática da direção defensiva aumentam a possibilidade de reação se houver algum imprevisto, como uma parada repentina do veículo da frente ou um pedestre atravessando, indevidamente, a pista principal da rodovia”, finaliza.

Com chuva, os motoristas devem redobrar os cuidados. Em caso de aquaplanagem, o condutor deverá reduzir a velocidade antes da poça de água e não deverá acionar os freios quando passar por ela. Nessas situações, é importante segurar adequadamente o volante, para evitar a perda de controle do veículo.

Leia mais:
Chuva acima da média faz nível de reservatórios subir na Grande BH
Pouso Alegre registra alagamentos após temporal na cidade
Ônibus parado pega fogo no bairro Novo Riacho, em Contagem

Mudanças no trânsito

É importante que o motorista também esteja atento as mudanças no Código de Trânsito. Desde o dia 1º de novembro deste ano, está em vigor a Lei nº 13.281, que altera o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Entre as mudanças estão o reajuste dos valores de infrações de trânsito, a alteração da categoria da multa por dirigir utilizando telefone celular e por estacionar em vagas de deficientes e idosos. Além disso, se recusar a fazer o teste do bafômetro carcateriza infração e alteração no tempo de suspensão do direito de dirigir.

Também é válido lembrar que as multas tiveram seus valores reajustados em até 66% e que, desde outubro deste ano, novos radares passaram a operar nas rodovias mineiras.

Fonte: Agência Minas