A Polícia Civil prendeu nesta terca-feira (24) uma mulher suspeita de abandonar um bebê em uma lixeira no Barreiro, em Belo Horizonte. Ela confessou ser a mãe da criança.  O crime ocorreu nessa segunda-feira (23) e segundo a polícia, a menina foi encontrada por uma pessoa que passava pela rua Barão de Coromandel, próximo ao Via Shopping. Ela tinha ferimentos no rosto e na boca e foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Diamante, onde morreu.

Um laudo da necropsia ainda vai apontar a causa da morte da criança.

A suspeita foi presa em flagrante, em casa, pelos policiais do Departamento Estadual de Investigação de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Na delegacia, ela contou que fazia uma festa quando começou a sentir as contrações e se trancou no banheiro, onde fez o parto sozinha. Após o nascimento da menina, ela colocou a criança em uma caixa de sapato e escondeu no guarda-roupa até que a festa terminasse.

Horas depois, ela pegou a caixa novamente para se desfazer da filha. Quando chegou ao carro, a bebê começou a chorar, momento em que ela tentou estrangular a criança e, em seguida, bateu com a cabeça dela na lateral do carro. A criança foi deixada, ainda com vida, em uma lata de lixo próxima ao shopping.

Lixo