Dois policiais vivenciaram uma experiência emocionante na manhã desta segunda-feira (30), no bairro Palmital, em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Eles realizaram um parto dentro da viatura policial, no momento em que levavam uma mulher para o Hospital Risoleta Neves.

Segundo o cabo Robson Ribeiro de Abreu, no momento em que acontecia a troca de turno, uma mulher grávida apareceu na sede da 69ª Cia contando que estava em trabalho de parto e precisava de ajuda para ir até uma maternidade.

O cabo e seu parceiro, sargento Lúcio Ribeiro, seguiram com a grávida em direção ao Hospital Risoleta Neves, mas não deu tempo de chegar até lá. Na avenida Fernandes Pereira dos Santos, tiveram que parar a viatura e ajudar a criança a nascer.

Foi a primeira vez, em 11 anos como policial, que o cabo Robson realizou um parto. “É uma experiência indescritível. Mesmo com todo preparo, nunca imaginamos passar por essa situação. Mas mantemos a tranquilidade para que tudo ocorra bem”, contou o militar. “Foi emocionante, especialmente num momento em que há uma epidemia e espera-se haver muitos mortos”.

Mãe e filha foram atendidas no Risoleta Neves e passam bem.

Leia mais:
BH poderá ter 90 mil casos graves de Covid-19 se não fizer isolamento social, diz estudo
PBH amplia medidas de proteção à população de rua conta da propagação do coronavírus