Quinze policiais rodoviários federais e quatro pessoas entre empresários e comerciantes foram presos nesta quinta-feira (22), em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, durante uma operação realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Federal e Controladoria-Geral da União.

As investigações começaram em 2016, quando usuários denunciaram indícios de que os policiais solicitavam vantagens indevidas de cidadãos que transitavam de forma irregular para deixar de lavrar autos de infração e de adotar as demais sanções administrativas cabíveis. Outros indícios apontam o favorecimento ilícito de comerciantes e empresários nas ações praticadas por tais policiais.

Foram cumpridos 19 mandados de prisão preventiva e 33 mandados de busca e apreensão. A ação da polícia ocorreu além de Uberlândia, nas cidades de Araguari e Monte Alegre, todas do Triângulo.

Os presos foram encaminhados à Polícia Federal em Uberlândia e serão indiciados pelos crimes de corrupção passiva e associação criminosa, com penas que podem chegar a 15 anos de reclusão.

(Com Polícia Federal)*