Com a interdição da ponte que liga o bairro São Benedito ao Centro de Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, desde essa terça-feira (1º), o trânsito foi desviado para as ruas de um bairro perto da ponte, localizada na avenida Brasília, o Baronesa. Ao todo, a região do São Benedito concentra cerca de 130 mil habitantes. O trecho também é utilizado por motoristas que chegam ou vão para a capital mineira. 

No entanto, a solução adotada inicialmente pela prefeitura acabou se transformando em um pesadelo para os moradores do Baronesa, que viram as ruas calmas do bairro se transformarem, da noite para o dia, em um local de tráfego intenso, com passagens disputadas por carros e veículos pesados, mudanças repentinas de itinerário de ônibus e uma confusão generalizada. 

"A ponte fica entre uma fábrica de café e uma fábrica de colchões, e o Baronesa se tornou o único bairro possível para o desvio. Então, está passando caminhão pela região, ônibus que tinha que descer em uma rua está trafegando por outra, o pessoal que mora no bairro está demorando mais de uma hora para sair dele", conta a moradora Herlane Meira.   

Além disso, as ruas principais do bairro são estreitas, embora sejam mão dupla. Por isso, os motoristas de ônibus acostumados com o bairro já sabem como transitar ali. Mas com a interdição, outros ônibus que fazem os trajetos dos bairros Duquesa, Liberdade e Belo Vale, por exemplo, estão tendo que passar pelo bairro Baronesa também, incrementando a confusão no tráfego.  

Outro problema é uma ponte antiga na região, entre as avenidas Europa e Pedro I, que era bem pouco utilizada, mas, com a interdição da outra ponte, ela passou a ser usada até mesmo por ônibus e caminhões. 

"Passavam uns 10 carros por dia ali e agora começou a passar ônibus também, caminhão. É uma ponte muito antiga que, embora asfaltada por cima, fica sobre um córrego que passa em uma comunidade. Não sei se ela vai aguentar um tráfego tão intenso assim e isso porque essa semana ainda é recesso em muitos lugares aqui, mas imagina na semana que vem quando todo mundo tiver voltado a trabalhar?", preocupa-se a moradora.  

Procurada pela reportagem, a Prefeitura de Santa Luzia informou que a Secretaria Municipal de Obras está fazendo um levantamento para a elaboração de projeto emergencial para recuperar o aterro de chegada à ponte e que não há avarias na parte estrutural.

Veja a ponte interditada:

Ponte

Novas rotas

Sobre a rota de desvio pelas ruas do bairro Baronesa, a prefeitura informou que um estudo está sendo feito para que, a partir desta quinta-feira (3), os veículos que estiverem indo da região da sede para o São Benedito passem pela rua Imperatriz Leopoldina, peguem a rua Marquesa de Santos e em seguida a rua Dona Amélia para então acessarem a avenida Pedro I. E para os motoristas que estiverem vindo da região de São Benedito, o caminho continua sendo a avenida Pedro I até a avenida Brasília, na altura do bairro Duquesa. A medida servirá para acabar com a retenção na região. Guardas municipais já estão no local orientando os motoristas. 

Além disso, a prefeitura também orienta que caminhões evitem passar por dentro do Baronesa e indica uma nova rota para veículos pesados. Confira:

"Os caminhões que estiverem na região da sede com destino a Belo Horizonte devem passar pela avenida das Indústrias em direção à Via 240 ou pela avenida Beira Rio, em direção à BR 381. Os que estiverem na região do São Benedito devem pegar a avenida Brasília, em direção à MG 010. Uma alternativa que pode ser utilizada por veículos leves ou de carga é a Estrada do Alto das Maravilhas, com entrada na MG-010, na altura do bairro Angicos, em Vespasiano. A estrada desemboca no bairro Frimisa".

Entenda

Por causa das fortes chuvas que atingiram Santa Luzia nos últimos dias, a encosta da ponte que liga o bairro São Benedito à sede do município acabou desabando, fazendo com que a ponte fosse interditada nessa terça (1°) por medida de segurança. O fechamento do acesso ocorre por tempo indeterminado. 

Diante disso, a prefeitura da cidade soltou um comunicado informando que, com a interdição, os motoristas deveriam usar as ruas do bairro Baronesa como rota alternativa. Já nesta quarta-feira (2), outro comunicado foi divulgado pela prefeitura pedindo para que os veículos de grande porte não passem por dentro dos bairros no entorno da ponte.

Leia mais:

Por causa de temporal, encosta de ponte desaba em Santa Luzia
Chuvas fortes causam inundação em Santa Luzia neste sábado; veja vídeo