Pontos cheios marcam mais um dia de greve dos motoristas de ônibus em BH

Lucas Sanches
@sanches_07
03/12/2021 às 08:14.
Atualizado em 08/12/2021 às 01:12
 (Lucas Sanches)

(Lucas Sanches)

O segundo dia consecutivo de paralisação dos motoristas de ônibus em BH começou com filas extensas nos pontos de embarque. Nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (3), pontos nas avenidas Amazonas e Afonso Pena, no Centro de BH, já estavam cheios de usuários a espera do coletivo.

"Foi mais ou menos meia hora de espera pelo primeiro ônibus, agora já são mais de 40 minutos aqui no Centro, esperando também", conta a recepcionista Silvia Ferreira, de 58 anos. Ela saiu da Zona Norte de BH antes das 6h20 da manhã, preocupada com a chance de não ter coletivos disponíveis.

"Quis sair mais cedo exatamente para evitar problemas, já que estão rodando menos ônibus. Até agora, está indo tudo bem, e espero não perder o horário de trabalho", afirma.

Ainda nesta manhã, uma reunião do Tribunal Regional do Trabalho de Minas (TRT-MG) pode dar fim às paralisação, caso as partes cheguem a um acordo. Nessa quinta-feira (2), o prefeito Alexandre Kalil (PSD) afirmou que não haverá diálogo sobre reajustes enquanto a categoria se manter em greve.

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por