A população de Três Marias, na região Central do Estado, está preocupada com a possibilidade de chegada em sua represa dos rejeitos de minério da barragem de Brumadinho. O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais (CBMMG) não confirma a chegada da lama ao Rio Paraopeba, embora a informação seja grande a possibilidade. 

De acordo com o deputado estadual Alencar da Silveira Júnior (PDT), se isso acontecer, haverá prejuízo financeiro e ambiental para a região. O motivo está, na opinião do parlamentar, no cultivo intensivo de tilápia em tanques do lago da cidade. Os animais seriam mortos pela lama. 

Segundo ele, piscicultores de Três Marias estão sugerindo que o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) abra as comportas de uma represa que fica entre os municípios de Pompéu e Felixlândia para que a barragem vazia consiga absorver a lama que deve chegar ao local em até 36 horas. 

"A abertura dessa barragem não causará nenhum dano ambiental e não oferece nenhum risco de sobrecarregar o lago de Três Marias, que está com 60% do nível normal. Estou em contato com as autoridades responsáveis para evitarmos essa tragédia", afirmou.