As refeições servidas aos funcionários no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII e no Hospital Infantil João Paulo II passaram por uma mudança. Por falta de pagamento do Estado, a empresa fornecedora substituiu as carnes por ovos. Por enquanto, a mudança de cardápio não teria afetado os pacientes. 

De acordo com a Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), responsável pela administração desses hospitais, a direção está “imprimindo todos os esforços, junto ao Tesouro Estadual, para a regularização dos pagamentos ao fornecedor e consequente normalização no fornecimento das refeições nas unidades assistenciais da Fhemig, atendidas pela empresa Cook Empreendimentos em Alimentação Ltda”.

A reportagem ligou para a Cook Pactual, que é especializada em fornecimento de refeições para diferentes tipos de entidades, mas não conseguiu falar com um responsável pela empresa.