A Polícia Militar cumpriu, na manhã desta quinta-feira (29), uma determinação judicial para reintegração de posse de um antigo posto de combustíveis, de propriedade da Petrobras, que era utilizado como moradia irregular na avenida Antônio Carlos, no bairro Aparecida, na região Noroeste de Belo Horizonte.

No local, instalado na esquina com rua dos Tecelões e Aporé, moravam um casal e outros cinco homens há cerca de dois anos. De acordo com a PM, a ação teve início às 7h e término 2h30 depois. Um caminhão foi cedido pela petrolífera a pedido dos moradores para que seus pertences fossem retirados e alocados em outra área. 

Segundo o comandante do 16º Batalhão, tenente coronel Frederico, todo o processo foi pacífico, seguindo o protocolo de intermediação da corporação. "Na semana passada, fizemos uma reunião com os moradores para notificá-los sobre a reintegração, para que pudessem se preparar. Avaliamos suas necessidades e intermediamos essa relação", conta. 

Ainda segundo Frederico, a PM solicitou a presença da assistência social da Prefeitura de Belo Horizonte, que os recomendou a ida para um abrigo, mas a orientação foi negada pelos moradores. Também acompanharam o processo o Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Médico de Urgência - equipes que não precisaram atuar.