Somente nos três primeiros meses deste ano, 108 pessoas foram conduzidas a delegacias por falsa comunicação de crime em Belo Horizonte. Este número representa um aumento de 237,5% em relação ao primeiro trimestre do ano passado, quando a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SESP-MG) registrou 32 conduções. O total de conduções em 2018 é de 160. 

O aumento no número de pessoas detidas por falsa comunicação de crime foi percebido pela Polícia Militar, principalmente no Centro da capital e em relação a roubo de celulares. No último mês, somente no 1° Batalhão da PM, foram contabilizadas cerca de 15 tentativas de registros de ocorrências de roubos ou furtos falsos. 

A maior parte delas ocorre quando a pessoa perde ou danifica o seu celular e tenta reaver o dinheiro ou um novo aparelho pelo seguro, o que pode ser facilitado caso seja registrado um boletim de ocorrência. 

Na última sexta-feira (26), três pessoas foram presas por este motivo na praça Sete, sendo um homem e uma mulher, em ocorrências distintas, que procuraram a base móvel da PM no local para registrar um falso B.O. por roubo de celular. Os dois estavam com a cópia do seguro do aparelho em mãos, "já preparados para acionar o seguro", conforme desconfiou a polícia na ocasião. A terceira detida foi uma lojista que orientou a cliente a registrar o boletim de ocorrência simulando o roubo do aparelho para reaver o dinheiro pelo seguro. 

Segundo o tenente Ronald Jean de Oliveira, do 1° Batalhão da PM, diariamente a corporação tem ocorrências deste tipo, mas na sexta-feira foi a primeira vez que a funcionária de uma loja de eletrodomésticos foi presa por incentivar a prática.

A prática, descrita no artigo 340 do Código Penal, pode gerar detenção de um a seis meses ou multa. O crime se configura quando o infrator aciona alguma autoridade comunicando uma ocorrência ou contravenção inexistente.   

Leia mais:

Duas pessoas são detidas por falsa comunicação de crime no Centro de Belo Horizonte
PM prende três pessoas no Centro de BH por falsos roubos de celulares