A Praça da Liberdade será fechada para a circulação de pedestres a partir desta terça-feira (17) para a revitalização de um dos principais cartões portais do Estado. Serão investidos R$ 5 milhões em obras que deverão ser concluídas até novembro. 

A restauração é resultado da parceria entre a Prefeitura de Belo Horizonte, o governo de Minas e a Vale. 

Tombada pelo Iepha-MG e pela PBH, a Praça vai passar por várias intervenções que incluem a reformulação do sistema de iluminação, a restauração do Coreto, da estátua Ninfa e do piso da pista de caminhada. Além da reinstalação das placas de monumentos e renovação de bancos e lixeiras.

A última reforma no local foi há quase 30 anos, em 1990.

Leia mais:
Saiba como vai ficar a Praça da Liberdade depois da reforma
Público aproveita último dia com a Praça da Liberdade aberta
Praça da Liberdade ficará fechada até novembro para reforma; intervenções começam domingo