O prazo para entrega de estudos preliminares do projeto para o transporte metropolitano sobre trilhos, que vai ligar o Aeroporto Internacional Tancredo Neves ao hipercentro de Belo Horizonte, foi prorrogado. O Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI), lançado pelo governo do Estado no dia 18 de junho, previa que empresas interessadas apresentassem suas propostas até o dia 2 de agosto. Agora, conforme publicação no Diário Oficial de Minas Gerais, a nova data de entrega passa a ser o dia 2 de setembro.
 
A prorrogação se deu, de acordo com a Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), em virtude de solicitação feita pelas empresas participantes. No total, 24 empresas estão inscritas para o procedimento que vai definir o melhor projeto, que será, posteriormente, executado. 
 
Após a entrega, as propostas serão avaliadas e apenas aquelas com melhor opção de tecnologia de transporte terão os estudos aprofundados para a entrega final, prevista para o dia 16 de novembro. A Setop não divulgou detalhes sobre os estudos que estão sendo feitos pelas empresas interessadas, nem as opções de tecnologia que estão sendo pensadas. 
 
O transporte sobre trilhos é exigência do procedimento já que possui capacidade de transporte média/alta, ou seja, pode levar mais pessoas do que outros tipos de modais. Além disso, ao não passar pelo trânsito convencional, o transporte sobre trilhos oferece a possibilidade da programação exata dos horários de deslocamento.Também é exigência do PMI que o sistema seja integrado ao BRT, às linhas de ônibus existentes na região e ao próprio metrô, observando os projetos de sua expansão.