O preço do gás de cozinha pode chegar a R$ 125 em Belo Horizonte. A conclusão é de uma pesquisa do site Mercado Mineiro, realizada de 5 a 9 de setembro com representantes de 102 estabelecimentos. O resultado foi divulgado nesta segunda-feira (13). 

De acordo com o instituto, o consumidor precisa pesquisar valores: isso porque a variação pode chegar a 66%, como é o caso do cilindro de 45 quilos, vendido na portaria do fornecedor: ele pode ser encontrado por preços entre R$ 300 e R$ 498. Para entrega em casa, a diferença é de 42%, com preços entre R$ 350 e R$ 498.

Já o botijão comum (de 13 quilos) é comercializado por valores entre R$ 88 e R$ 125 (delivery) - variação de 42%. Na portaria, o item é encontrado entre R$ 95 e R$ 125 (31,58% de diferença). 

Preços médios

O estudo do Mercado Mineiro também apontou que o preço médio do gás de cozinha aumentou muito de janeiro a julho deste ano. Veja abaixo:

- Botijão de 13 quilos (delivery): custava R$ 84,81 em janeiro e passou para R$ 106,42 em julho - aumento de 25,48% ou R$ 21,61;
- Botijão de 13 quilos (no fornecedor): custava R$ 77,83 em janeiro e passou para R$ 98,21 em julho - aumento de 26,19% ou R$ 20,38;
- Cilindro de 45 quilos (delivery): custava R$ 342,73 em janeiro e passou para R$ 407,51 em julho - aumento de 18,90% ou R$ 64,78;
- Cilindro de 45 quilos (no fornecedor): custava R$ R$ 328,87 em janeiro e passou para R$ 383,66 em julho - aumento de 16,66% ou R$ 54,79.

"Quando comparamos os preços médios somente nos últimos dois meses, os aumentos são bem consideráveis", informou o instituto, em nota. Veja abaixo a comparação de preços de junho para julho:

- Botijão de 13 quilos (delivery): custava R$ 99,87 em junho e passou para R$ 106,42 em julho - aumento de 6,56% ou R$ 6,55;
- Botijão de 13 quilos (no fornecedor): custava R$ 91,75 em junho e passou para R$ 98,21 em julho - aumento de 7,04% ou R$ 6,46.

Leia mais:
Documentos sobre licitação de ônibus, quem podem ajudar na CPI da BHTrans, reaparecem em BH
Anatel adia conclusão sobre edital do 5G
Cinco mil casais aguardam na fila da fertilização pelo SUS em Minas Gerais