O prefeito de Perdigão, no Centro-Oeste de Minas, Gilmar Teodoro de São José (PSDB), morreu aos 64 anos após ter um mal súbito enquanto jogava futebol, nessa quinta-feira (19). O gestor chegou a ser socorrido e levado a um hospital. As informações foram divulgadas pela prefeitura.

De acordo com a administração municipal, Gilmar estava praticando o esporte com amigos, quando passou mal ainda na quadra. Médicos tentaram reanimá-lo, mas sem sucesso.

Em nota de pesar, o Executivo afirmou que o político era um “homem íntegro, correto e que sempre trabalhou para o bem” do município. O velório de Gilmar, que era viúvo e estava no terceiro mandato, ocorreu nesta sexta (20) no Clube Municipal. 

O presidente do PSDB-MG, deputado federal Paulo Abi-Ackel, também lamentou a morte de Gilmar. Leia, na íntegra:

Recebo com muita tristeza e pesar a notícia do falecimento de nosso querido prefeito de Perdigão, Gilmar Teodoro de São José. Cumprindo, por vontade soberana de seus conterrâneos, seu terceiro mandato à frente dos destinos de sua querida cidade, Gilmar teve sua brilhante trajetória pessoal e política interrompida hj. Desejo a todos os familiares, amigos, correligionarios e à toda a população de Perdigao, meus mais sinceros pêsames e que o legado deixado por Gilmar nos sirva de consolo e como forma de honrar sua memória que estará sempre conosco. Em nome de todo o PSDB  de Minas, nossos mais profundos sentimentos.

Nas redes sociais da prefeitura, moradores também lamentaram. “Meus sentimentos aos familiares e aos políticos que, nesta hora, não têm lado oposto e sim de união e pesar pela passagem do senhor prefeito”, afirmou José Aparecido Vidal.

Leia mais:
Latam abre 20 vagas para agente de aeroporto, em Confins, na Grande BH; confira
Recuperação da pintura de painel gigante no Centro de BH avança; veja fotos da obra 'O Abraço'
Com avanço da variante Delta, Rio de Janeiro bate recorde de casos de Covid em 2021