Prefeitos dos municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte se reunirão, nesta segunda-feira (8), para discutir novas estratégias de combate à Covid-19. O encontro, encabeçado pela prefeita de Contagem, Marília Campos (PT), vem ao encontro do lockdown estabelecido pelo prefeito da capital mineira, Alexandre Kalil, na última sexta-feira (5). Marília Campos acredita que todas as cidades devam ser incluídas na Onda Roxa do programa Minas Consciente, que restringe atividades comerciais e a circulação de pessoas. 

"É uma estratégia necessária. Diria que não temos outra saída neste momento, a não ser adotar uma medida mais radical. É desta forma que Contagem participará desta reunião da Granbel (Associação dos Municípios da Região Metropolitana)", justifica a prefeitura do município e vice-presidente da associação.

Atualmente, 194 cidades do Estado estão na Onda Roxa do Minas Consciente. A quarta fase do programa foi anunciada pelo governador Romeu Zema na última quarta-feira, como resposta ao avanço da Covid-19 no Estado. Dentre as regras para as cidades incluídas estão toque de recolher das 20h às 5h e autorização de funcionamento somente para serviços considerados essenciais.

Reunião

A reunião desta segunda-feira será realizada às 11h, em Vespasiano (Grande BH). Os prefeitos metropolitanos vão discutir o posicionamento das cidades frente à emergência em saúde pública. Também estarão presentes representes da Agência Metropolitana e da Secretaria de Estado de Saúde.

Leia mais:

Novas variantes do vírus e Carnaval impactam pandemia em Minas: 1/4 das cidades em lockdown

Juiz de fora tem 100% de leitos ocupados e decreta lockdown a partir de segunda para conter Covid-19

Mais de 19.500 mineiros já perderam a vida para a Covid; Estado confirma 6.368 casos em 24 horas