A prefeitura de Belo Horizonte preparou um esquema especial de apoio médico para o Carnaval.

Entre os dias 9 e 14 de fevereiro, dois Postos Médicos Avançados (PMAs), que foram montados exclusivamente para a Festa de Momo, estarão funcionando 24 por dia, nos seguintes locais: Praça da Estação, dentro o Centro de Referência da Juventude-CRJ (Praça Rui Barbosa, 50/Centro) e na rua Paraíba, em frente ao número 340, no bairro Funcionários (próximo à Praça Tiradentes).

 Além das PMAs, as nove Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) estarão funcionando normalmente, 24 horas por dia, dando suporte às equipes que estiverem em campo. 

A localização das estruturas de apoio foi escolhida a partir do itinerário dos principais blocos, e por estarem em locais de fácil acesso. 

Nos postos montados serão atendidas ocorrências como desidratação, intoxicação, crises convulsivas e pequenos traumas. 

O PMA da Praça da Estação terá a capacidade de realizar 25 atendimentos simultâneos e o PMA da rua Paraíba, 20 atendimentos simultâneos. 

Reforço no SAMU

Além das estruturas montadas para atender aos foliões, a frota de ambulâncias do SAMI contará com mais três unidades, e se somarão aos 28 vepiculos que atuam na capital. 

O helicóptero do Batalhão de Operações Aéreas (BOA) do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, que conta com a presença de um médico do SAMU, também estará à disposição. 

Conscientização

Para lembrar os foliões sobre as dicas de saúde, o Mobiliza SUS-BH, grupo de Mobilização Social da Secretaria Municipal de Saúde, vai atuar nos blocos distribuindo de preservativos  e um material informativo sobre a prevenção de infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), além da importância da hidratação e da proteção da pele, além da atenção permanente para evitar focos do Aedes aegypti transmissor da dengue, zika e chikungunya. 

No material informativo também estão disponíveis os endereços dos Postos de Apoio Médico para atendimento durante o Carnaval.