Moradores de Belo Horizonte que têm direito às cestas básicas disponibilizadas pela prefeitura devem ficar atentos. A partir desta segunda-feira (1º), haverá mudança na consulta sobre a entrega dos produtos.

Um site único foi criado para reunir todas as informações sobre como resgatar o benefício. Antes, eram vários endereços eletrônicos para cada perfil de famílias em situação de vulnerabilidade social e econômica. A mudança também vale para os kits de higiene. 

Agora, os beneficiários devem acessar este site. Desde março, quando as aulas e atividades comerciais foram interrompidas por causa da pandemia do novo coronavírus, a prefeitura entrega cestas básicas à população mais carente.

cestas básicas
Cestas básicas ontam com 12 produtos alimentícios

Confira abaixo os grupos beneficiários que podem retirar as cestas:

●    Estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA) de Belo Horizonte (matrícula ativa em 2020);
●    Famílias cadastradas no CadÚnico até o dia 31/3/2020 e que tenham renda familiar de até meio salário mínimo por pessoa;
●    Famílias residentes em vilas, favelas, ocupações urbanas e conjuntos habitacionais inscritas no CadÚnico, no Sistema SUS-BH ou em programas e cadastros da Urbel;
●    Beneficiários do Programa Bolsa Moradia;
●    Ambulantes licenciados pela Secretaria Municipal de Política Urbana;
●    Camelôs com deficiência licenciados;
●    Trabalhadores informais licenciados em shoppings populares;
●    Engraxates e lavadores de carro cadastrados pela Secretaria Municipal de Política Urbana;
●    Carroceiros cadastrados pela BHTrans;
●    Catadores de materiais recicláveis, avulsos e cooperados, cadastros pela SLU ou Associação dos Catadores de Materiais Recicláveis (ANCAT);
●    Agricultores urbanos cadastrados pela Subsecretaria de Segurança Alimentar;
●    Povos e comunidades tradicionais; 
●    Pessoas com medidas protetivas acompanhadas pela Subsecretaria de Direito e Cidadania;
●    Permissionários do serviço de transporte suplementar (pessoas físicas) cadastrados pela BHTrans; 
●    Trabalhadores do transporte escolar cadastrados pela BHTrans;
●    Famílias atendidas pelo Programa Superar cadastrados pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer.;
●    Famílias de grupos de Economia Solidária cadastrados pela Subsecretaria de Trabalho e Emprego;
●    Feirantes:
●    Ambulantes licenciados com veículos automotores.

Leia mais:
Cruz Vermelha precisa de voluntários para ações de combate à Covid-19; saiba como participar
Prefeitura de Belo Horizonte unifica consulta e distribuição de cestas básicas e kits de higiene
PBH amplia distribuição de cestas básicas e fará entrega para vítimas de violência e feirantes