Contagem anunciou, nessa quinta-feira (28) um pacote de obras na cidade. Entre as mais importantes está a construção da trincheira do Itaú, no cruzamento das avenidas Babita Camargos e General David Sarnoff, na Cidade Industrial. Além desta obra, ainda estão previstos dois viadutos, um no Petrolândia e o outro na avenida das Américas, na Ressaca, e de quatro terminais de integração de ônibus, nas regiões Sede, Nova Contagem, Petrolândia e Ressaca. Conforme a prefeitura, juntas, as obras custarão mais de R$ 80 milhões, dentro do Programa de Aceleramento do Crescimento (PAC). Segundo a prefeitura, as obras serão licitadas em breve, com previsão para se iniciarem entre o final deste ano e o início de 2015.

Com a construção da trincheira do Itaú, a expectativa é que seja solucionado um dos grandes gargalos do trânsito de Contagem, a praça Itaú, na Cidade Industrial. Com a trincheira, será eliminado o cruzamento entre as avenidas e os semáforos, agilizando o trânsito. De acordo com a prefeitura, pelo local, transitam mais de 70 mil pessoas por dia, além de caminhões e carretas que atendem as indústrias da região. 
 
Serão construídos também o novo viaduto do Petrolândia, sobre a Via Expressa, na divisa com Betim, e o novo viaduto na avenida das Américas, sobre a avenida Severino Ballesteros, na Ressaca, que deverá desafogar o trânsito próximo à BR-040, CeasaMinas e shopping Contagem.
 
O projeto contempla ainda a construção de quatro grandes terminais de ônibus, que interligam o transporte público de Contagem com toda a região Metropolitana de Belo Horizonte. Eles serão construídos nas regiões da Ressaca, Sede, Petrolândia e Nova Contagem. O objetivo é facilitar o acesso do usuário, diminuir o número de linhas que transitam pelas principais vias da cidade e criar um fluxo mais moderno e organizado para o transporte público municipal.
 
(*Com prefeitura de Contagem)