A Prefeitura de Ijaci,  no Sul de Minas, abriu uma sindicância para apurar a suspeita da perda de vacinas contra a Covid-19 na cidade. Uma técnica de enfermagem teria encontrado dois frascos descartados com restos de líquido do imunizante em uma sala de vacinação da prefeitura.

O Executivo municipal alegou que não sabe o quanto de vacina havia nesses frascos e se esse líquido ainda poderia ser usado para a vacinação. Após uma reunião entre o prefeito e representantes da Secretaria de Saúde, foi aberta uma sindicância que vai apurar o caso. O resultado das investigações deve sair em 30 dias.

O município recebeu 158 doses do imunizante, sendo que todas as doses foram aplicadas, com exceção de 33, que estão armazenadas aguardando para a aplicação da segunda dose.

Até o momento, a cidade registrou 67 casos da doença com quatro mortes.