Mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos pela Polícia Civil, na manhã desta quarta-feira (23), na Prefeitura de Moema, região Central de Minas.

De acordo com denúncias recebidas por policiais, a atual gestão - liderada pelo prefeito Julvan Lacerda (PMDB), presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM), pode estar envolvida com fraudes em licitações com empresas de asfalto, eventos e serviços de advocacia que estejam em desacordo com a legislação.

A Prefeitura de Moema informou, por meio de nota, que "todas suas ações são alicerçadas pela transparência e ética pública, sempre prestando toda informação ou disponibilizando qualquer documentação, quando requeridos pelos órgãos competentes."

Ainda segundo a Polícia Civil, outros mandados já foram cumpridos em Nova Serrana e Bom Despacho, no Centro-Oeste do Estado, e Piedade dos Gerais, região Central de Minas.

Leia também:

Ministério Público apura fraudes em contratos de fornecedores com a prefeitura de Três Pontas