Um detento, de 31 anos, está internado em estado grave no Hospital de Pronto Socorro João XXIII depois de ter engolido cinco celulares, dois carregadores e uma bateria enquanto esteve fora do Presídio Doutor Carlos Vitoriano, em Formiga, região Centro-Oeste de Minas, durante o indulto de Dia das Mães.

Após passar mal, na manhã dessa quinta-feira (17), e ser levado para o Pronto Atendimento de Formiga, ele confessou ter engolidos os materiais. O raio X confirmou a presença dos equipamentos na barriga do presidiário. 

Segundo a Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap), o homem confessou que se tratava de aparelhos celulares do tamanho aproximado de um pen-drive. 

A Fundação Hospitalar de Minas Gerais (Fhemig) não informou se o paciente passou por procedimentos cirúrgicos para a retirada dos objetos.

Ele cumpre pena por tráfico de drogas e receptação e está na unidade prisional de Formiga desde março de 2016.