Nas últimas 24 horas, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) mais de 3,7 toneladas de maconha em Minas Gerais. O prejuízo ao crime organizado é estimado é R$ 3,7 milhões, segundo a instituição.

Na tarde deste sábado (26), agentes do posto da BR-381, em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, encontraram mais de duas toneladas de maconha durante ação de fiscalização em um caminhão, com placa do Paraná.

Segundo a PRF, o motorista de 52 anos apresentou nervosismo durante a abordagem e forneceu informações desencontradas sobre a viagem, o que motivou uma inspeção mais detalhada do veículo. Os policiais também suspeitaram do comportamento do caminhoneiro que não retirou totalmente a lona sobre a carroceria quando solicitado.

Depois que os policiais encontraram a droga, o motorista relatou que levaria a droga de Francisco Alves (PR) para Vitória (ES) e que receberia a quantia de R$ 30 mil pelo transporte.

No dia anterior, policiais do posto de Patos de Minas, na região Noroeste do Estado, apreenderam 1,5 tonelada de maconha escondida em um compartimento secreto dentro do baú de um caminhão.

Em 2020, a PRF-Minas já apreendeu mais de 30 toneladas de maconha, além de quase duas toneladas de cocaína. Desde janeiro, 194 pessoas foram presas pela instituição por tráfico de drogas.

Leia mais:
Funcionário público é preso em Lavras por fingir ser policial civil
UFMG cria protocolo para retorno de atividades não adaptáveis ao ensino remoto