Processo de beatificação e canonização de padre Júlio começará em janeiro

Hoje em Dia
04/12/2014 às 14:44.
Atualizado em 18/11/2021 às 05:16
 (Reprodução/Diocese de Caratinga)

(Reprodução/Diocese de Caratinga)

  Começará em janeiro de 2015, o processo de beatificação e canonização do padre Júlio Maria de Lombaerde. O pároco, nascido na Bélgica, passou os últimos 16 anos de sua vida na Diocese de Caratinga, ministrando na cidade de Manhumirim, na Zona da Mata. O católico recebeu o título de Servo de Deus em janeiro deste ano, quando foi iniciada a causa de beatificação e canonização.   O evento está programado para os dias 24 e 25 de janeiro de 2015, em Manhumirim. No 24 de janeiro, o bispo diocesano de Caratinga, dom Emanuel Messias de Oliveira, presidirá o ato jurídico da abertura da pesquisa, às 20 horas. Já em 25 de janeiro, haverá celebração eucarística na igreja matriz do Senhor Bom Jesus, às 9 horas.   Vida e obra   Padre Júlio tornou-se sacerdote em 1901, após passar por vários lugares da África, onde recebeu uma cura de Nossa Senhora. De 1901 a 1912, o pároco pregou em cidades da França, Bélgica e Holanda, entre outros. Ele chegou ao Brasil em 15 de outubro de 1912. O primeiro ponto de desembarque foi Recife, mas foi em Macapá que passou boa parte do tempo.    Em 1928, o padre chegou a Minas Gerais. Na época, padre Júlio recebeu ofertas de paróquias em cidades maiores, mas fez questão de escolher Manhumirim para congregar. No município, ele fundou o Colégio Pio XI, o Patronato Agrícola, que era uma casa de aprendizado doméstico e deu apoio aos Vicentinos na fundação e manutenção de um asilo para inválidos. O sacerdote morreu em 1944, aos 65 anos, em um acidente de carro. Durante a sua vida, padre Júlio escreveu mais de 80 livros sobre espiritualidade e teria operado milagres como a cura de enfermidades de dezenas de pessoas.  

Compartilhar
Ediminas S/A Jornal Hoje em Dia.© Copyright 2022Todos os direitos reservados.
Distribuído por
Publicado no
Desenvolvido por