Bento, o cachorro mais procurado de Belo Horizonte, foi localizado no bairro Arvoredo, em Contagem, na manhã deste sábado (1º). A informação foi confirmada pela equipe do aplicativo DogHero que buscava pelo cão da raça chow-chow desde o dia 24 de maio.

De acordo com a empresa especializada em hospedagem de cães, uma pessoa passou a informação de que o cachorro estaria em determinado ponto e a equipe foi até o local, encontrando o chow-chow. "Bento foi encontrado em bom estado de saúde e, neste momento, está recebendo atendimento veterinário no bairro Castelo. Ele está acompanhado do anfitrião e de um colaborador da DogHero, que confirmaram por vídeo com os tutores de que era mesmo ele (a família do Bento está em Portugal, de férias). A recompensa de R$ 20.000 será paga a dois moradores da região que forneceram a pista. O depósito será feito na segunda-feira (3)", afirmou a DogHero. 

O cão estava hospedado na casa de um colaborador do aplicativo na rua Castelo de Óbidos quando conseguiu fugir por volta das 7h do dia 24. Para isso, ele pulou uma janela e rompeu uma tela, segundo o anfitrião. A última vez que o animal foi visto foi próximo a um córrego, perto do Parque Linear Sarandi.

Bento, que estava com uma coleira peitoral azul na hora da fuga, não foi castrado e é um pouco assustado. Por isso, anúncios nas redes sociais dão algumas dicas para quem encontrá-lo. "A primeira atitude não deve ser correr atrás dele, tente uma abordagem mantendo uma certa distância e vá se aproximando aos poucos, para que ele não se assuste", diz o anúncio nas redes.

Logo que soube da fuga do animal, a DogHero afirmou ter iniciado um plano de buscas, elaborado por especialistas em comportamento animal para casos como esse. A recompensa de R$ 20 mil será paga pelo aplicativo e por um patrocinador.

Desde o momento da fuga do Bento, a DogHero criou uma página no Facebook e no Instagram, patrocinando postagens nas duas redes sociais. Também foram impressos 12 mil flyers que foram distribuídos em comércios e vendedores ambulantes e também colados em locais estratégicos. Um cão farejador foi trazido de São Paulo para encontrar Bento.

A empresa explicou que está preparada para incidentes como a fuga de Bento. "Em quatro anos de história de DogHero, nossos anfitriões fizeram mais de 1 milhão de diárias de cães. Sabemos que incidentes são raros, mas podem acontecer — afinal, trabalhamos com vidas. Por isso é tão importante ter equipe e processos definidos para ajudar em casos de situações que fogem do controle", afirmou por meio de nota.